Never Alone

Never Alone, ou Kisima Inŋitchuŋa, é um jogo de plataforma muito bonito desenvolvido em conjunto com Iñupiats, ou seja, indivíduos nativos do Alasca que fazem parte do grupo étnico que poderíamos erroneamente chamar de esquimós. Explico: o termo esquimó significa “comedor de carne crua” e é renegado pelos indivíduos desses povos, que preferem se intitular Inuit (que significa “o povo/as pessoas”), que é o grupo de habitantes indígenas da região ártica do Canadá, Alasca e Groelândia. Especificamente os Inuit que habitam o Alasca são os Iñupiats.

Never-Alone-Title

Em Never Alone encontramos um jogo com gráficos muito bonitos imersos em neve. Nuna é a pequena-grande heroína da história, e o jogador deve alternar o controle entre Nuna e sua mais-que-fofíssima raposa do ártico para resolver os puzzles que se apresentam. O adversário mais presente no jogo é justamente o tempo, suas intempéries, e os animais que habitam aqueles cenários, mas o real vilão é um homem horroroso que, conforme aprendemos nos extras do jogo, pensa em si antes de pensar nos demais, e é isso que o torna um perigo.

Conforme exploramos o cenário encontramos pequenas corujas que, caso sejam alcançadas, liberam uma série de mini-documentários em que alguns Iñupiats nos contam sobre suas tradições, costumes, músicas e alguns causos excelentes, como a ideia de que não se pode sair numa noite de aurora boreal com a cabeça descoberta sob pena de tê-la arrancada; ou o terror de se ver sobre um pedaço de chão que se desprendeu do continente e começa a navegar sem rumo sobre a água gélida – junto com duas crianças.

A narrativa do jogo é incrível, alternando gráficos 2D super étnicos com os gráficos 3D da história em que atuamos ativamente. O enredo é fiel à mitologia e cosmogonia Iñupiat e é todo narrado em língua nativa, o que faz com que tudo seja MUITO mais interessante.

Embora o jogo tenha sido lançado originalmente para PC eis que encontramos alguns bugs no decurso da história. Eventualmente a personagem trava no cenário, ou talvez sua boleadeira não funcione… algumas vezes tive que sair do jogo e entrar novamente por causa desse tipo de questão, mas nada que atrapalhe significativamente.

Never Alone é de 2014, foi desenvolvido pela Upper One Games em conjunto com a E-Line Media e contou com a participação de aproximadamente 40 Iñupiats. De lá pra cá já ganhou pelo menos 5 prêmios e foi disponibilizado nas mais variadas plataformas. Levei cerca de 6 horas para completar o enredo, e foram horas de excelente entretenimento. Recomendo!

Em conjunto com o Never Alone é possível comprar o Fox Tales, que é uma expansão do jogo. Nele temos a chance de conhecer outras lendas tradicionais, mas confesso que gostei mais do jogo original 😉

 

image

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s